NOTÍCIAS | Publicado em 08/06/2020 14:05:47    
Primeira semana da campanha Junho Vermelho ultrapassa 700 doações de sangue

A abertura do mês direcionado a conscientização para doação de sangue em todo Brasil teve saldo positivo em Mato Grosso do Sul. Balanço dos dias 1° a 6 de junho aponta que mesmo com chuva e temperaturas amenas registradas na Capital, o Hemocentro Coordenador recebeu 748 doações na primeira semana da campanha Junho Vermelho.

Nesta nova, o Hemosul espera manter o mesmo ritmo de doações, sejam elas espontâneas ou agendadas. Para atender a demanda de hospitais do Estado, a instituição precisa manter o estoque de sangue abastecido com todas as tipagens sanguíneas, em especial os tipos O- e O+, cuja demanda é maior.

Para a gestora de comunicação da unidade, Mayra Franceschi, a participação frequente de doadores voluntários, grupos da sociedade civil organizada e a parceria com empresas que incentivam seus colaboradores a doarem é fundamental para manutenção do estoque estratégico. Ela atribui o sucesso da primeira semana à mobilização dos personagens da Liga do Bem, que há cinco anos participam da campanha.

Com mais de 200 voluntários que se vestem de super-heróis e personagens da televisão para visitar hospitais e casas de repouso, o lema do grupo é levar “amor, carinho e atenção” a esses ambientes. Porém, devido a pandemia do novo coronavírus, a ONG está desde o começo do ano com as visitas presenciais suspensas, mas tem buscado maneiras de manter o trabalho social com arrecadação de alimentos e a produção de programas semanais disponibilizados no canal oficial do Youtube.

O convite do Hemosul para a participação do grupo na semana de abertura do Junho Vermelho foi vista pelo presidente da ONG como mais uma oportunidade de influenciar positivamente na vida das pessoas. “Temos um carinho especial por esse trabalho porque a gente sabe que não envolve apenas a Liga do Bem ou as vidas que são salvas através da doação de sangue, mas também envolve a sociedade, faz com que ela participe desse processo e, de alguma forma, sejam heróis naquele momento, dando seu próprio sangue pela campanha”, destaca Superman.

Medidas preventivas

Como medida de prevenção à Covid-19, o uso de máscaras passou a ser obrigatório nas unidades de atendimento da Capital e interior do Estado. Além da higiene redobrada em todas as áreas às quais o doador tem acesso, o Hemosul também passou a medir a temperatura do voluntário e disponibiliza álcool para higiene das mãos.

Embora as doações espontâneas sejam bem vindas, o agendamento é a forma de se evitar a aglomeração de pessoas nas unidades. Os telefones para agendamento são (67) 3312-1516 e (67) 3312-1529 ou pelo número de celular (67) 99298-6316.

Para doar, é preciso ter em mãos documento oficial com foto, estar bem alimentado e bem de saúde, ter mais de 55 quilos, e idade entre 16 e 69 anos. Doadores que tenham entre 16 e 17 anos precisam estar acompanhados do responsável legal.

O Hemosul funciona na avenida Fernando Correa da Costa, 1304, no centro de Campo Grande, e atende de segunda a sexta-feira das 7h às 17h, e aos sábados das 7h às 12h.

 

Fonte: Vox MS

Assessoria de Imprensa do Consórcio Guaicurus