NOTÍCIAS | Publicado em 12/08/2021 10:27:35    
Governo do Estado anuncia concurso para contratar 722 professores

O Governo de Mato Grosso do Sul confirmou ainda para 2021 a abertura de concurso público para professores da Rede Estadual de Ensino (REE). Serão abertas 722 vagas para profissionais da Educação Básica, dos anos finais do Ensino Fundamental ao Ensino Médio.

Em live do Dia do Estudante, comemorado ontem, o secretário de Infraestrutura de Mato Grosso do Sul, Eduardo Riedel, afirmou que a Educação está ligada ao desenvolvimento econômico do Estado ao anunciar o novo certame para professores. Ele liderou tratativas de melhorias para o setor na época em que chefiou a Secretaria de Governo (2015-2021).

 “É um compromisso que temos com a Educação, ficamos impedidos (de realizar antes) por conta de uma lei federal, em função da crise econômica e da pandemia, só que agora temos a possibilidade de resgatar esse efetivo de professores da Rede Estadual de Ensino”, ressaltou.

A elaboração do edital do concurso será feita em conjunto pelas secretarias de Educação (SED) e de Administração e Desburocratização (SAD). A expectativa é que o processo seja executado neste ano para o primeiro chamamento dos aprovados ocorrer no 1º semestre de 2022.

Segundo a SED, praticamente todos os componentes curriculares da Educação Básica serão contemplados no novo concurso. Ou seja, haverá oportunidades para professores de Língua Portuguesa, Matemática, História e Geografia, entre outras áreas.

As vagas serão para os 79 municípios do Estado, conforme disponibilidade da Rede Estadual. Para o governador Reinaldo Azambuja, a abertura do novo certame faz parte de um conjunto de ações de valorização da Educação em Mato Grosso do Sul.

“Da valorização dos profissionais à qualidade do ensino ofertado aos alunos, a Educação é um todo. Estamos reestruturando a Rede e qualificando os professores. Vamos publicar esse novo concurso para fortalecer a área e ainda reestruturar a classe dos administrativos, que é um compromisso do nosso governo”, afirmou o governador.

Gestora da SED, a professora Maria Cecilia Amendola da Motta classificou a medida como “importante para os profissionais que desejam ingressar como efetivos nos Anos Finais do Ensino Fundamental e também do Ensino Médio, da Rede Estadual de Ensino”. “São vagas para essas duas etapas da Educação Básica”, reforçou.

 

Fonte: Vox MS

Assessoria de Imprensa do Consórcio Guaicurus